BERNARDO MATIAS

BIOGRAPHY:

 

Bernardo Matias nasceu em 1996 na cidade das Caldas da Rainha.
Diplomou-se pela Academia de Música de Alcobaça e Escola Secundária Dona Inês de Castro sob a orientação do Prof. Doutor Mário Marques e Licenciou-se em Saxofone, sob a orientação do Prof. Doutor Mário Marques (instrumento principal) e do Prof. Doutor José Massarrão (Música de Câmara) com elevadas qualificações. No presente, encontra-se a frequentar o Mestrado em Ensino da Música, na Universidade de Évora, sob a orientação do Prof. Doutor Mário Marques.
Frequentou como intérprete alguns workshops e cursos de saxofone com os professores: António Felipe Belijar (Espanha), Tomás Jerez Munera (Espanha), Mário Marques, José Massarrão, José Lopes, Nuno Mendes, Flávio Lopes, Bruno Homem e Pedro Carvalho.
Trabalhou com vários maestros Nacionais e Internacionais de formação clássica a mencionar em destaque: Rui Carreira, Samuel Pascoal, Adelino Mota, Élio Murcho, João Neves, Hugo Assunção, Nuno Feist, Luis Clemente, Tiago Alves, Élio Leal, Kodo Yamagishi (Japão), Jonathan Graf (Suiça) e Yan Mikirtumov (Rússia). De formação jazzistica, Claus Nymark (Noruega) e Luís Sousa.
Participou em Concursos de Saxofone e obteve alguns prémios e menções destacando-se:
Solo:
. 2° Prémio no II Concurso “Pequenos Grandes Talentos – Alcobaça, 2013”;
. 1° Prémio no III Concurso “Pequenos Grandes Talentos – Alcobaça, 2014”;
. 3° Prémio no III Concurso Nacional de Clarinete e Saxofone “Sons do Cabral – Belmonte, 2015”;
. Menção Honrosa no IV Concurso Nacional de Clarinete e Saxofone “Sons do Cabral – Belmonte, 2016.
Música de Câmara: . 1º Prémio no II Concurso “Pequenos Grandes Talentos – Alcobaça, 2013”, com o quarteto de saxofones “Ad Libitum”;
. 3º Prémio no III “Concurso Nacional de Música de Câmara de Vila Verde”, Vila Verde, 2017, com o dueto de saxofones “ DaBer Duo”.
Como solista, tocou com a Sociedade Filarmónica Catarinense em 2013 e 2015, com Orquestra de Saxofones da Academia de Música de Alcobaça, em 2014, com Banda Sinfónica de Alcobaça em 2017 e com Orquestra de Sopros da Universidade de Évora em 2017.
Colabora com os seguintes compositores, com o intuito de criar novo repertório para saxofone e novas versões para o mesmo: Antero Ávila, Afonso Teles, Cristopher Bochmann, Francisco Chaves, Sérgio Azevedo, Jorge Salgueiro, Daniel Bernardes, Carlos Almeida, Nuno Peixoto de Pinho, Sílvia Monteiro, João Llano, Marcus Tristan, Alexandre Delgado, Pedro Francisco, Nuno Roque, Logan Rutledge e Daniel Bruno Schvetz.
Foi selecionado no ano 2017, para participar no Congresso Europeu de Saxofone, “EurSax 2017”, realizado na cidade do Porto, Portugal.
Em 2017, formou em conjunto com a saxofonista Daniela Ruivo o duo “DaBer Duo”, com a finalidade de criar novo repertório para esta formação e no mesmo ano, foram seleccionados, entre inúmeras propostas apresentadas por outros candidatos, para participar no Congresso Europeu de Saxofone, “EurSax”, realizado na cidade do Porto, Portugal.
Colaborou e colabora com várias orquestras e agrupamentos, de várias vertentes musicais designadamente, a Orquestra de Saxofones da Academia de Música de Alcobaça, Orquestra de Sopros da Universidade de Évora, Orquestra de Sopros da Academia de Música de Alcobaça, Big Band da Nazaré, Orquestra de Jazz da Universidade de Évora, Orquestra Ligeira Monte Ollivett, Orquestra Nacional de Sopros, Orquestra de Sopros de A-dos-Francos, Orquestra Clássica da Universidade de Évora, Orquestra de Sopros e Percussão Jovens do Oeste, West Europe Orchestra e Orquestra de Jazz de Évora.
Apresentou-se em Festivais e Concursos de Bandas como, “Cistermusica”, “1 ° e 20° Jazz do Valado”, “Certanem de Bandas de Val ncia”, “Concurso do Ateneu Artistico Vilafranquense”, “CIB D’Ouro”, “Lisboa na Rua”, “Festival Internacional de Saxofone de Palmela”, “ Festival Pedreira dos Sons 17”, “Festival Sete Luas e Sete Sóis” e “Festival Alensons 17”.
Acompanhou os seguintes artistas nacionais ao vivo e em programas de televis o, “FF”, “Vanessa Silva”, “Henrique Feist”, “Mariana Norton”, “Lúcia Moniz”, “Heitor Lourenço”, “Luís Filipe Reis”, “Mariana Pacheco”, “Carlos Alberto Moniz”, “Fuzzil”, “Rita Guerra”, “Paulo de Carvalho”, “Vitorino” e “Lena D´Água”
Colaborou em gravações de discos e EP’s a sublinhar:
. Orquestra de Saxofones da Academia de Música de Alcobaça;
. Banda de Alcobaça , “Ao Vivo”;
. Banda de Alcobaça, “Acompanha”;
. Big Band da Nazaré, “Special Guests”
. Orquestra de Sopros de A-dos-Francos, “Ao Vivo”;
. Fuzzil, “Molten “.
Como formador, ministrou o 3º Estágio de Orquestra de Sopros Juvenil – Évora 2018.
Leccionou a disciplina de saxofone na Escola de Música da Sociedade Filarmónica Catarinense e actualmente, lecciona saxofone a nível particular, na Academia de Música de Alcobaça e na Escola de Música da Banda de Pavia.
Bernardo Matias é patrocinado pela Yamaha.